Covid-19


SES se manifesta sobre a aprovação da Coronavac para crianças e adolescentes

Por: Francieli Corrêa 21/01/2022 às 09:51 Atualizado: 28/01/2022 às 12:31

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou, na quinta (20), a ampliação de uso da vacina Coronavac para crianças de 6 a 17 anos. A autorização de uso emergencial foi concedida para crianças e adolescentes nesta faixa etária não imunocomprometidos. 

A vacina autorizada para uso nesse público é a mesma utilizada para adultos (600 SU em 0,5 ml), com um intervalo de 28 dias entre a primeira e a segunda aplicação. Para a aprovação, a Anvisa avaliou estudos clínicos, dados de eficácia, segurança e imunogenicidade, além de estudos de efetividade. As evidências científicas disponíveis até o momento, segundo a Anvisa, sugerem que há benefícios e segurança para a utilização da vacina na população pediátrica.

> Receba notícias do TSX pelo WhatsApp

No Brasil, até o momento, disse em comunicado a agência, a análise de causalidade acerca de reações adversas demonstra que a vacina Coronavac não está relacionada a nenhum óbito dentre os públicos para os quais estava disponível até então e os eventos adversos graves são considerados raros ou raríssimos. 

Ainda, de acordo com a agência, a autorização levou em consideração a necessidade de ampliar as alternativas disponíveis para essa faixa etária. No entanto, conforme esclarece a Anvisa, a decisão sobre a incorporação no Programa Nacional de Imunizações (PNI) cabe ao Ministério da Saúde.

Desta forma, a Secretaria de Saúde de Santa Catarina (SES/SC) esclarece que é a favor da inclusão de mais uma vacina no PNI, de forma a ampliar a oferta de doses, porém aguarda posicionamento do Ministério da Saúde sobre a inclusão dessas doses no Programa Nacional de Imunizações (PNI) e início da utilização em crianças e adolescentes. 


* Siga o Tudo Sobre Xanxerê no Instagram 
* Curta nossa página no Facebook


ÚLTIMAS NOTÍCIAS