Dengue


Saúde atualiza números da dengue em Xanxerê

Por: Sanny Borges 27/05/2022 às 09:26 Atualizado: 03/06/2022 às 17:03

Xanxerê confirmou 1.704 casos de dengue até esta sexta-feira (27), conforme dados divulgados nesta manhã pela Vigilância Epidemiológica do município. O Boletim da Dengue informa ainda que já foram testadas 1.949 pessoas desde o início do ano. Um óbito foi confirmado desde o início do ano. Ao todo, 624 focos do mosquito Aedes aegypti já foram identificados.

A Vigilância Epidemiológica orienta que em caso de dor de cabeça, febre, dor no corpo ou manchas vermelhas na pele, é preciso procurar a unidade de saúde a qual pertence para avaliação e posterior coleta para sorologia de dengue. O telefone da Vigilância Epidemiológica é (49) 3981-9102.

*Receba notícias do TSX pelo WhatsApp


Transmissão

A transmissão da dengue acontece durante a picada de um mosquito Aedes aegypti infectado com vírus. Após a picada, os sintomas podem surgir entre quatro e 10 dias. A dengue não é contagiosa, ou seja, não pode ser transmitida de pessoa para pessoa, além de também não ser transmitida através do consumo de alimentos ou água.

O vírus pode também ser passado de humanos para mosquitos, em que o mosquito Aedes aegypti ao picar uma pessoa com dengue, adquire o vírus, podendo transmitir para outras pessoas.

Orientações para evitar a proliferação do Aedes aegypti:

- evite usar pratos nos vasos de plantas. Se usá-los, coloque areia até a borda;

- guarde garrafas com o gargalo virado para baixo;

- mantenha lixeiras tampadas;

- deixe os depósitos d’água sempre vedados, sem qualquer abertura, principalmente as caixas d’água;

- plantas como bromélias devem ser evitadas, pois acumulam água;

- trate a água da piscina com cloro e limpe-a uma vez por semana;

- mantenha ralos fechados e desentupidos;

- lave com escova os potes de comida e de água dos animais no mínimo uma vez por semana;

- retire a água acumulada em lajes;

- dê descarga, no mínimo uma vez por semana, em banheiros pouco usados;

- mantenha fechada a tampa do vaso sanitário;

- evite acumular entulho, pois ele pode se tornar local de foco do mosquito da dengue;

- denuncie a existência de possíveis focos de Aedes aegypti para a Secretaria Municipal de Saúde;

- caso apresente sintomas de dengue, chikungunya ou zika vírus, procure uma unidade de saúde para o atendimento.

*Siga o Tudo Sobre Xanxerê no Instagram e curta nossa página no Facebook

ÚLTIMAS NOTÍCIAS