Blogs e Colunas


Medicina Natural
Medicina Natural

Mel de Melato da Bracatinga, um dos melhores méis do mundo

10/05/2022 às 15:20

Esse mel as abelhas não pegam do néctar das flores, mas, sim, da secreção açucarada da Cochonilha que aparece na Bracatinga, um inseto que aparece na planta de dois em dois anos, no tronco das árvores da Bracatinga, para sugar sua seiva.

TERROIR, esse Mel de Melato de Bracatinga ganhou selo de indicação geográfica, da origem do mel, que é a região do Planalto Sul do Brasil, a ocorrência das Bracatingas tem maior concentração em maior quantidade no estado de Santa Catarina, na qual as colmeias são colocadas na época da cochonilha que aparece a árvore é infectada, se assim posso chamar  de dois a dois anos, no local das árvores, esse mel que está perto de nossa casa e quase todo exportado para a Europa, é o mel que usamos em nossa casa, pelo sabor, mas, especialmente, pelo poder medicinal desse mel que é uma farmácia. 

Usos medicinais

Justifica todos esses usos quando é exportado para países europeus que têm interesse nesse caso como mel medicinal. Para quem tem processos inflamatórios, como artrite, artrose, o Mel de Bracatinga é um poderoso anti-inflamatório. Faça uso regular desse mel, pois ele tem propriedades antioxidantes, evitando a oxidação celular, sempre cuidado no uso demasiado e prolongado. Esse mel seria para mim, por relato de consumidor diabético, a melhor forma de adoçar alimentos, essas pessoas têm razão - por ser pobre em glicose, tem menor índice glicêmico, altera pouco o nível de glicose no sangue, muito melhor do que os méis florais, antimicrobiana.

Ajuda a combater o processo inflamatório do sistema digestivo e do intestino, combate vermes intestinais, vantagem do Mel de Bracatinga é que não cristaliza, o sabor é pouco menos do que o mel floral é mais escuro do que os méis florais, o Mel de Bracatinga tem muitos minerais, aminoácidos na sua composição, é um bom alimento nutricional, ajudando no fortalecimento imunológico, muito bom para fazer parte da composição dos xaropes colocar depois de prontos, para de maneira criteriosa ser indicada por um profissional de saúde para os diabéticos.  

Outros usos

Carvão vegetal, recuperação de área degradada, ajuda a fixar nitrogênio no solo, além de suas pequenas folhas que forma uma camada de material orgânico no solo, protegendo o solo das erosões, e dando condições de crescer outras espécies nativas, mourões de cerca, carvão e lenhas para os fogões domésticos. 

Consulte sempre um profissional de saúde, não passe o mel com temperaturas altas, pois faz com que ele perca suas propriedades.

__________________________________________
Atualmente, ministra palestras em diversos eventos, trabalha em parceria com pastorais, movimentos populares, universidades e com capacitação de profissionais de saúde em diversos municípios catarinenses. Foi professor titular da Unisul, do curso de Naturologia, e é professor convidado, há mais de 10 anos, da UFSC, na capacitação da disciplina optativa de Plantas Medicinais para Farmácia e Medicina.
Aléssio dos Passos Santos é professor, palestrante e cultivador de plantas medicinais. Licenciado em Estudos Sociais, especialista em Educação Ambiental, pela Udesc, e pós-graduado em Gestão da Educação, pela Uniesc. É coordenador da Farmácia Viva Itinerante, professor de fitoterapia, pesquisador etnobotânico e funcionário público estadual. Montou o primeiro jardim medicinal da Alesc e tem mais de 700 espécies de plantas em seu quintal, na Lagoa Da Conceição, em Floripa.

MAIS DO COLUNISTA

  • 1