Saúde


HRSP e Casa da Acolhida recebem animadora geral da Congregação das Irmãs Franciscanas

Essa foi a primeira vez que a religiosa da Colômbia visitou o hospital
Por: Sanny Borges 11/01/2022 às 14:21 Atualizado: 18/01/2022 às 21:46
Fotos: HRSP

A direção do Hospital Regional São Paulo (HRSP) e os voluntários da Casa da Acolhida Santa Bernarda, recepcionaram, na segunda-feira (10), a animadora geral da Congregação das Irmãs Franciscanas Missionárias de Maria Auxiliadora, Irmã Marelvi Buelvas, da Colômbia, a conselheira, Irmã Silvana Arboit, e a conselheira regional, Irmã Eliane Lavratti. Elas vieram até Xanxerê para conhecer a missão da congregação no município.

Durante a visita, Irmã Marelvi conheceu a Casa da Acolhida - imóvel adquirido pela congregação e administrado pela Associação Beneficente Voluntários de Madre Bernarda. O local oferece alimentação e hospedagem para os familiares de pacientes internados no HRSP, vindos de outras localidades. Conforme o presidente da associação, Amaildo Domingos Coradios, somente em 2021, o local atendeu aproximadamente 400 pessoas (número inferior aos anos anteriores, em função da pandemia).

*Receba notícias do TSX pelo WhatsApp

Em seguida, as Irmãs conheceram o HRSP - administrado desde o início das atividades, em 1974, pela Associação Educacional e Caritativa (ASSEC), entidade das Irmãs Franciscanas Missionárias de Maria Auxiliadora. A visita ao hospital foi conduzida pela diretora geral do HRSP, Irmã Neusa Lúcio Luiz, pelo diretor administrativo, Fábio Lunkes, pelo diretor técnico do HRSP, Mário Augusto Marques, pela coordenadora de enfermagem e atendimento, Michele Suzana Fernandes da Silva e pelo coordenador do administrativo e recursos humanos do hospital, Jose Krahl.

Essa foi a primeira vez que a religiosa da Colômbia, esteve no HRSP. No hospital, Irmã Marelvi conheceu os setores, conversou com pacientes e profissionais sobre os atendimentos, a atenção aos povos indígenas, a especialidade em cardiologia e os desafios enfrentados nestes dois últimos anos em razão da pandemia da covid-19. A direção também apresentou números de atendimentos na emergência, ambulatórios, procedimentos cirúrgicos e internações, bem como os projetos de humanização e espiritualidade que acontecem no hospital.

A diretora geral do HRSP, Irmã Neusa Lúcio Luiz, explicou que é motivo de muita satisfação receber as irmãs, pois o HRSP e a Casa de Acolhida, fazem parte da missão das Irmãs. “Desejo que através desta visita, onde foi possível ver de perto a grandiosidade desta obra, do bem que é realizado em prol de uma grande população, seja possível reforçar ainda mais esta missão, com a presença e ação de mais Irmãs, pois o grande desejo é somar,” finaliza Irmã Neusa.

Anterior Próximo

ÚLTIMAS NOTÍCIAS